domingo, fevereiro 11, 2007

Lusco Fusco


Tal como no gato fedorento (em o lusco fusco) foram 5 a 7 minutos de grande diversão muito intensa...

Bem, o momento apresentado aqui foi de facto fantástico e como o negócio da noite na Foz do Arelho já tem muito para contar quero partilhar aqui aquela fase do dia que já não é de dia mas também ainda não é de noite que é mesmo o lusco fusco.

A Foz é muito mais do que a nossa imaginação pode atingir e a prová-lo está esta fotografia que poderia ser de um qualquer destino turistico exótico que não está ao alcance de todos. Neste dia fiquei com a agradável sensação de que aqui tão perto está um paraíso.

Os nossos dirigentes têm de facto uma grande responsabilidade quando tomam decisões sobre o património local e já agora que estamos a eleger as sete maravilhas de Portugal lembrem-se que amanhã poderemos estar a concorrer com a Foz do Arelho para as sete maravilhas da natureza em Portugal e porque não no mundo. É obrigatório preservar o que temos de melhor...

1 comentário:

Ze Ventura disse...

eu assino por baixo em relação ao texto. Quanto à fotografia......bem, tiro o meu chapéu á beleza da mesma e ao fotografo que a tirou.