terça-feira, junho 05, 2007

O que eu mais gosto na Foz - Parte IV

Quem vem à Foz ao fim de semana, seja em que altura do ano for, encontra sempre alguém a passear, alguém que foi só ver o mar porque tinha saudades, alguém que só lá foi almoçar. Mas fora dos meses de Verão e durante a semana esse alguém não existe.
Não haver ninguém na Foz durante a semana não tem propriamente uma explicação científica porque há cada vez mais pessoas a viver ao pé do mar e que preferem acordar no mar e fazer kilometros para ir trabalhar ou para ir à escola. Por não haver nenhuma explicação lógica tive de arranjar uma explicação ilógica.
A explicação é simples, toda a gente gosta de saber que a Foz está vazia, que a Foz é só deles, é deste sentimento de posse e de exclusividade que se fazem as grandes paixões, daí que ninguém saia à rua, daí que fiquem todos a espreitar pela janela e a olhar para a praia deserta a pensar para eles mesmos - "Não há ninguém na rua nem na praia, há pessoas mesmo burras...esta praia maravilhosa e ninguém a passear..."
Resultado: Ficamos todos em casa a olhar lá para fora, a julgar que somos os únicos que apreciamos e percebemos a Foz, que as poucas caminhadas pela rua ou pela praia são uma leve tentativa de perceber porque razão não há uma multidão a gozar a melhor praia do mundo. E ainda bem que só poucos a entendem...

2 comentários:

Anónimo disse...

Foz sucks!

Zé Miguel disse...

Cá está um que não gosta, mas para a próxima proponho que não dês a tua opinião por detrás do anonimáto. É que demonstra alguma cobardia. O "sucks" leva-me a perceber que talvez não tenhas mais de 8 anos e que aprendes estas coisas na primária onde andas. Se calhar o melhor blog para visitares é www.morangomanias.blogs.sapo.pt.

Que tal?